11 de abril de 2010

Sessão de jogo 10/04/10 (julho de 1404). Parte II.

Respondendo à convocação dos seus daemons, os magi de Santa Croce seguem no meio da noite para seu cray, e encontram um changeling boogan fugindo de uma quimera feita de ferro frio, engrenagem, sangue e com aspecto de rato. Após a luta com Abdul, Eleonora, Aurora e Heráclito, o boogan consegue se afastar, e nesse momento , Heráclito consegue transportar a quimera para a penumbra, onde convoca Ariel, o espírito protetor do cray para eliminar a quimera. O espírito elimina a quimera, porém deixa o cray desguarnecido, provocando uma avassaladora onda de ataques das aranhas padrão e de vermes corruptores. O reflexo do cray na penumbra é de um palácio de cristal, que começa a rachar e a a ser devorado pelos veres.

No plano físico, Caliban, o espírito protetor da umbra sombria, um elemental da terra enviado por Gustav, avisa para Eleonora e Abdul que o cray está vulnerável e em ataque. Eleonora convoca Ramadelli através de seu narguilé. Ramadelli responde auxiliando Heráclito e Ariel, reestabelecendo a proteção de Ariel.

Depois do ataque, o boogan entrega uma carta a Aurora, em que a princesa Ar-Lohan requer a ajuda dos magi. Com seu forte de balefire em ataque, precisa do óleo dos Thuata de Danaan, um objeto mágico, que está escondido e apenas um Troll, outra ordem changeling, sabe onde se encontra e como conseguí-lo. Porém o Troll se recusa a responder à convocação de ajuda para a princesa Ar-Lohan. O pedido da princesa é que os magi, juntamente com Sam, o boogan emissário, consigam o óleo dos Thuata de danaan.

Após uma conversa, os magi aceitam responder o pedido de ajuda, e partem para a região norte de Florença, onde o boogan Sam diz que sente a presença do troll.  Aurora e Leonora sentem a falta de Arturo, embora não tenham tempo de investigar o motivo da sua ausência. Ao se aproximarem das obras de reconstrução do Mercato Nuovo, o boogan os orienta para uma pequena casa de operários. Ao pedirem para entrar, são recebidos por Néki, um noocker, outro changeling. Após a estranha experiência de perceberem que a casa dos changeling é feita também de sonhos, em que o tamanho diminuto da realidade se inverte em um verdadeiro estábulo e grande salão de fogo que se apresenta no interior, os magi encontram também outro changeling, um redcap violento e sádico. Após certa tensão entre os magi e os changeling, finalmente o troll aparece. Klatus é um operário de Florença, porém seu aspecto feérico é um ehomem de três metros, com barba e corpulento.

Na conversa com Klatus, percebem a amargura do troll com os sidhe, que acusa de terem abandonado o povo feérico e fugido para arcádia, deixando os changeling para trás aprisionados no mundo terreno. Sam, o boogan, tenta mostarr que a princesa Ar-Lohan é diferente, porque ficou na terra, juntamente com os sidhe da casa Scatha, além de lembrar o troll que sua essência é a devoção e o dever, e por isso deve cumprir a convocação de uma nobre feérica. O troll se mostra cético e relutante, mesmo com as interferência de Heráclito, Abdul, Eleonora e Aurora.

Somente com a chegada de sua filha, Aisha, de cinco anos, Klatus se mostra suscetível com o compromisso, pois também vê a fragilidade da criança. Quando Eleonora e Heráclito juram em voto de proteger a criança a qualquer custo, o troll finalmente aceita a missão.

Os magi então partem , juntamente com o boogan Sam, e os três changelings estranhos e provocativos que encontraram. Se encaminham para a região sul de Florença, onde o troll afirma que está escondido o óleo dos Thuata de danaan. O chamado da aventura cumpre seu prenúncio, e os magi agora se encaminham para a região selvagem, com companheiros que parecem fazer a própria realidade se tornar mais encantada e onírica.

3 comentários:

Hugo Marcelo Barbosa disse...

Grande Diego,

Obrigado pela descrição do jogo... Tá massa.

Hugo Marcelo

Diego Genu Klautau disse...

Valews!

Diego Genu Klautau disse...

O seu parágrafo tá com também.rsrsrsrs